MEI pode fazer empréstimo? Saiba como solicitar crédito junto ao banco - Ticmic

MEI pode fazer empréstimo? Saiba como solicitar crédito junto ao banco


 

O Microempreendedor Individual (MEI) tem recebido, cada vez mais, incentivo para que seu negócio obtenha sucesso no mercado. O governo tem buscado se unir a tais iniciativas, visto que o empreendedorismo sempre é algo benéfico à economia do país.

Uma dúvida frequente dentre os MEIs é a possibilidade de crédito e financiamentos para o negócio. Pois, saiba que seguindo a mesma lógica de incentivos dados pelo governo, os bancos também fornecem dinheiro a tais iniciativas, e em alguns casos, a juros muito menores que aos cobrados das grandes empresas.

A seguir, conheça mais detalhes sobre esse assunto, quais as modalidades de empréstimo disponíveis, e muito mais!

Incentivo Bancário

Como já lhe dissemos, muitos bancos fornecem benefícios aos microempreendedores, visto que os entendem como potenciais clientes futuros, além de serem “alavancas” para o crescimento do mercado financeiro no país.

Pensando nisso, grandes bancos oferecem créditos a baixos juros. A seguir, listaremos alguns deles!

  1. Bradesco: empresas que faturarem até R$ 120.000,00 ao ano poderão contar com os programas de MEI disponibilizados pelo banco. Juros baixos são oferecidos aos empreendedores, bem como a possibilidade de pagamento em longo prazo.
  2. Sicoob: a proposta atual deste banco é disponibilizar dinheiro para que os MEIs o utilizem como capital de giro – o que é uma excelente oportunidade aos que desejam um rápido crescimento. Além disso, a instituição também oferece empréstimo aos que estão iniciando.
  3. Banco do Brasil: assim como o Sicoob, o BB oferta crédito para uso em capital de giro ou mesmo para investimentos, e com isso, dá a chance de o empreendedor quitar a sua “dívida” em até 18 meses – a depender do valor solicitado.
  4. Caixa Econômica Federal: é uma instituição de renome no Brasil e que também oferece oportunidades de crédito aos microempreendedores. Se você está iniciando agora, poderá contar com até R$ 15.000,00 para realizar seus investimentos iniciais, e terá até 2 anos para devolver o dinheiro ao banco (com juros relativamente baixos).

Vale lembrar que estas são apenas algumas opções, e você também poderá contar com outros bancos: Itaú, Banco do Nordeste, Banrisul, BMG e muito mais!

Como solicitar o crédito?

Conforme exposto anteriormente, diversas instituições oferecem crédito a seus clientes, e com isso, torna-se possível optar pela que melhor se encaixar no perfil da sua empresa (e também no orçamento).

Considerando esta variedade de opções, deve-se ter em mente que cada banco trabalha com uma política diferente para a solicitação de crédito.

Mas, em geral, pode-se dizer que o microempreendedor deverá cumprir as seguintes tarefas:

1) Unir toda a documentação: ao chegar ao banco, você precisará comprovar que é um MEI. Para isso, os documentos pedidos costumam ser:
Certificado de Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI);
Certidão Simplificada da Junta Comercial (se for o caso);
Documentos pessoais do microempreendedor, como RG e CPF, contidos em documentos de identificação pessoal com foto;
Comprovante de residência atualizado do Microempreendedor;
CNPJ.

Para informações detalhadas, busque conhecer a política interna do banco escolhido.

2) Dirija-se a instituição: vá até o banco munido da documentação e informe o seu desejo de solicitar o crédito para MEI. Tire todas as suas dúvidas e conheça a fundo o contrato, antes de assiná-lo.

3) Invista o dinheiro de forma consciente: utilize o recurso a favor do seu negócio, e sempre visando o lucro. Afinal, você passará alguns meses (ou anos) pagando pelo empréstimo feito.

Afinal, vale a pena?

É muito natural que os aspirantes a empreendedores tenham medo de solicitar créditos no início de seu negócio, visto que este corre o risco de não gerar o lucro esperado.

Sendo assim, é preciso ter um planejamento financeiro e da empresa, e pesar os riscos e benefícios envolvidos.

Caso seu negócio seja realmente viável, os empréstimos para MEI são uma excelente opção, visto que são concedidos a baixíssimos juros, com a possibilidade de serem pagos em um longo período de tempo.

Portanto, pode-se afirmar que eles podem ser feitos, desde que haja a consciência do negócio e um rigoroso controle financeiro. Além disso, o dinheiro recebido deverá ser investido da forma adequada para que traga resultados satisfatórios.

Se você está pensando em empreender, entre em contato com uma das instituições bancárias listadas anteriormente e conheça os programas de crédito que mais tenham a ver com o seu perfil!

Leave a Reply